Atenção, pessoal!! Saiu a Isenção de taxa para a UERJ

UERJ – VESTIBULAR ESTADUAL 2012 EDITAL DE ISENÇÃO DA TAXA DE INSCRIÇÃO EXAMES DE QUALIFICAÇÃO

A Universidade do Estado do Rio de Janeiro torna público o presente Edital que define as normasdo processo de isenção da taxa de inscrição dos Exames de Qualificação do Vestibular Estadual2012 para candidatos aos cursos de graduação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro(UERJ) e do Centro Universitário Estadual da Zona Oeste (UEZO) e para os candidatos aoscursos de formação de oficiais da Academia de Bombeiro Militar D. Pedro II, do Corpo deBombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (ABM Pedro II/CBMERJ), e da Academia de PolíciaMilitar D. João VI, da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (AP M D. João VI/PMERJ). Leia os detalhes

Japão pode distribuir iodo para prevenir câncer de tireoide.

Da Reuters

Autoridades japonesas disseram aos agentes de inspeção nuclear da ONU que estão preparando uma distribuição de iodo às pessoas que moram perto das usinas nucleares afetadas pelo forte terremoto de sexta-feira, segundo a agência da ONU, em Viena.

Mas, afinal qual o papel do Iodo nesta história??

Na opinião do médico Alexandre Rodrigues Oliveira, da INB (Indústrias Nucleares do Brasil), que participou da reunião de Viena, o aumento dos casos de câncer de tireoide poderia ter sido evitado se as autoridades da então União Soviética tivessem distribuído cápsulas de Iodo estável à população imediatamente após o acidente e restringido a ingestão de alimentos contaminados.

O Iodo estável teria a capacidade de “saturar a tireóide, bloqueando a captação do Iodo radioativo pela glândula evitando, assim, qualquer dano”, afirma o médico. Para o engenheiro brasileiro Witold Lepecki, da Nuclen, o governo da Polônia distribuiu Iodo à população, e o país não registrou aumento de câncer de tireóide em crianças.

Leia mais

ATENÇÃO, GALERA!! TEM CURSO NOVO NA UFRJ !!

Pesquisa da Nanociência e Nanotecnologia: Física, Materiais e Bionanotecnologia.

Sobre o Curso

A UFRJ dispõe de uma condição privilegiada, compartilhada por poucas instituições de ensino superior no Brasil, no que se refere à abrangência e qualidade de linhas de pesquisa em Nanociência e Nanotecnologia. Hoje, realiza-se pesquisa básica e aplicada em Nanociência e Nanotecnologia em diversas unidades da UFRJ. Desta forma, surgiu a proposta, pioneira no Brasil, de um curso de graduação em Nanotecnologia.

continue lendo