Cientistas agora conseguem definir o gênero a partir de uma impressão digital

Uma equipe de pesquisadores da Universidade do Estado de Nova Iorque, em Albany, desenvolveu uma técnica que usa o composto químico de uma impressão digital para definir o gênero. Isso é possível por causa da diferença sutil na concentração de aminoácidos que vaza da pele humana: as mulheres tendem a liberar duas vezes mais e em distribuição levemente diferente do que os homens.

impressao digital

Leia Mais 

barrinha1

Anúncios