Hidrogênio verde transforma processos industriais e freia efeito estufa

Imagine um mundo em que as queimas de combustíveis levassem à emissão de água em vez de gás carbônico e não causassem impactos drásticos na natureza? Bem, esse cenário, apesar de distante de ser alcançado, pode ser possível e o hidrogênio verde é seu grande protagonista. Esse gás é abundante no mundo e se você passou margarina no pão hoje pela manhã, saiba que a produção desse elemento faz parte desde a fabricação das gorduras hidrogenadas até o combustível de foguetes.

A forma como este gás é produzido é que determina se ele é verde ou não, ou seja, que tem menos impactos no meio ambiente. Diversos países estão apostando nesse combustível e Bill Gates o defende em seu livro “Como uma das melhores inovações para frear o efeito estufa. Mas o que falta para termos o hidrogênio verde em escala global? Como ele é obtido e quais os seus benefícios para o meio ambiente? Esse gás pode ser mesmo uma opção de combustível para o futuro? Ecoa conversou com especialistas para responder essas e outras perguntas a respeito do tema.

O que é hidrogênio verde e como ele é obtido?

Como já mencionado anteriormente, o hidrogênio é um dos gases mais abundantes, não só da Terra, mas de todo o universo. A grande questão é separá-lo das outras moléculas e é justamente esse processo que irá dizer se ele é hidrogênio verde ou não. A produção do hidrogênio verde requer energia de f…

Veja mais em https://www.uol.com.br/ecoa/ultimas-noticias/2021/05/29/hidrogenio-verde-o-combustivel-sustentavel-cuja-queima-produz-agua.htm?cmpid=copiaecola