URGENTE !! Dia 18 de Janeiro saem as notas de corte do SISU – Não deixe de assistir a este vídeo ante de tomar qualquer decisão.

Entenda de maneira simples e objetiva como funciona o SiSU e as novidades de 2019: Datas, resultados e novidades!

Blog QG do Enem | http://blog.enem.com.br/

Anúncios

Está no AR a Rádio do Mazzei – a RADIOATIVIDADE



Te convido para ouvir a minha rádio. Ela faz parte de um sonho antigo que tenho. Clica no link e você vai ouvir muita música boa para estudar, curtir e relaxar: mazzeiclub.minhawebradio.net/
http://mazzeiclub.minhawebradio.net/
Ou copia e cola no navegador: mazzeiclub.minhawebradio.net/
Te espero lá!

Aulões virtuais gratuitos na reta final do Enem

Aulões virtuais gratuitos na reta final do Enem

Em parceria, o Colégio Pensi e o Curso QG do Enem, por sua vez, promoverão dois aulões na Bolsa de Valores, no Centro do Rio, às 8h dos dias 3 e 10 de novembro. Tudo será transmitido no ‘Esquenta Enem 2018’, pelo canal do YouTube do QG do Enem. A mega revisão será ministrada por professores especialistas no exame nacional, como João Roberto Mazzei, de química. “As instruções e a programação, que inclui ainda técnicas de equilíbrio emocional, podem ser acessadas em confirmacao.enem.com.br/aquecimentoenem”, afirma.

https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2018/10/5586811-auloes-virtuais-gratuitos-na-reta-final-do-enem.html

AULA SOBRE PILHAS COM QUESTÕES DO ENEM – PROFESSOR ROBERTO MAZZEI

Leia abaixo do vídeo os enunciados das questões e seus respectivos tempos na timeline: 

Enunciados das questões e seus tempos na timeline:

(ENEM  2014 – Azul  –  59 )
Tempo do vídeo: 00:25:46

A revelação das chapas de raios X gera uma solução que contém íons prata na forma de Ag(S2O3)2-3 . Para evitar a descarga desse metal no ambiente, a recuperação de prata metálica pode ser feita tratando eletroquimicamente essa solução com uma espécie adequada. O quadro apresenta semirreações de redução de alguns íons metálicos

AULA ESPECIAL SOBRE REAÇÕES ORGÂNICAS PARA O ENEM COM O PROFESSOR ROBERTO MAZZEI

Leia abaixo do vídeo os enunciados das questões e seus respectivos tempos na timeline: 

Enunciados das questões e seus tempos na timeline:

(ENEM 2017 – AZUL – QUESTÃO 134)
Tempo do vídeo: 00:02:50

O gabarito dessa questão foi assinalado errado. O correto é letra A
A ozonólise, reação utilizada na indústria madeireira para a produção de papel, é utilizada em escala de laboratório na síntese de aldeídos e cetonas. As duplas ligações dos alcenos são clivadas pela oxidação com o ozônio (O3), em presença de água e zinco metálico, e a reação produz aldeídos e/ou cetonas, dependendo do grau de substituição da ligação dupla. Ligações duplas dissubstituídas geram cetonas, enquanto as ligações duplas terminais ou monossubstituídas dão origem a aldeídos, como mostra o esquema.

Considere a ozonólise do composto 1-fenil-2-metilprop-1-eno:

MARTINO, A. Química, a ciência global. Goiânia: Editora W, 2014 (adaptado)

Quais são os produtos formados nessa reação

a. Benzaldeído e propanona.
b. Propanal e benzaldeído.
c. 2-fenil-etanal e metanal.
d. Benzeno e propanona.
e. Benzaldeído e etanal.

(ENEM 2015 – AZUL – QUESTÃO 60)
Tempo do vídeo: 00:19:25

O permanganato de potássio (KMnO4) é um agente oxidante forte muito empregado tanto em nível laboratorial quanto industrial. Na oxidação de alcenos de cadeia normal, como o 1-fenil-propeno, ilustrado na figura, o KMnO4 é utilizado para a produção de ácidos carboxílicos.

Os produtos obtidos na oxidação do alceno representado, em solução aquosa de KMnO4, são

a. Ácido benzoico e ácido etanoico
b. Ácido benzoico e ácido propanoico.
c. Ácido etanoico e ácido 2-feniletanoico.
d. Ácido 2-feniletanoico e ácido metanoico.
e. Ácido 2-feniletanoico e ácido propanoico.


(ENEM 2015 – BRANCO – QUESTÃO 69)

Tempo do vídeo: 00:26:00

O poli(ácido lático) ou PLA é um material de interesse tecnológico por ser um polímero biodegradável e bioabsorvível. O ácido lático, um metabólito comum no organismo humano, é a matéria-prima para produção do PLA, de acordo com a equação química simplificada:

Que tipo de polímero de condensação é formado nessa reação?a. Poliéster.
b. Polivinila.
c. Poliamida.
d. Poliuretana.
e. Policarbonato.

(ENEM 2012 – AZUL – QUESTÃO 58)
Tempo do vídeo: 00:36:56

A própolis é um produto natural conhecido por suas propriedades anti-inflamatórias e cicatrizantes. Esse material contém mais de 200 compostos identificados até o momento. Dentre eles, alguns são de estrutura simples,
como é o caso do C6H5CO2CH2CH3, cuja estrutura está mostrada a seguir.

O ácido carboxílico e o álcool capazes de produzir o éster em apreço por meio da reação de esterificação são,respectivamente,

a. ácido benzoico e etanol.
b. ácido propanoico e hexanol.
c. ácido fenilacético e metanol.
d. 
ácido propiônico e cicloexanol.
e. 
ácido acético e álcool benzílico.

(ENEM 2012 – AZUL – QUESTÃO 66)
Tempo do vídeo: 00:36:56

O benzeno é um hidrocarboneto aromático presente no petróleo, no carvão e em condensados de gás natural. Seus metabólitos são altamente tóxicos e se depositam na medula óssea e nos tecidos gordurosos. O limite de exposição pode causar anemia, câncer (leucemia) e distúrbios do comportamento. Em termos de reatividade química, quando um eletrófilo se liga ao benzeno, ocorre a formação de um intermediário, o carbocátion. Por fim, ocorre a adição ou substituição eletrofílica.

Com base no texto e no gráfico do progresso da reação apresentada, as estruturas químicas encontradas em I, II e III são, respectivamente:

(Enem 2010 – azul – QUESTÃO 75)
Tempo do vídeo: 01:00:20

No ano de 2004, diversas mortes de animais por envenenamento no zoológico de São Paulo foram evidenciadas. Estudos técnicos apontam suspeita de intoxicação por monofluoracetato de sódio, conhecido como composto 1080 e ilegalmente comercializado como raticida. O monofluorcetato de sódio é um derivado do ácido monofluoracético e age no organismo dos mamíferos bloqueando o ciclo de Krebs, que pode levar à parada da respiração celular oxidativa e ao acúmulo de amônia na circulação.

O monofluoracetato de sódio pode ser obtido pela

a.Desidratação do ácido monofluoracético com liberação de água.

b. Hidrólise do ácido monofluoracético sem formação de água.

c. Perda de íons hidroxila do ácido monofluoracético, com liberação de hidróxido de sódio.

d. Neutralização do ácido monofluoracético usando hidróxido de sódio, com liberação de água.

e. Substituição dos íons hidrogênio por sódio na estrutura do ácido monofluoracético, sem formação de água.

 

(Enem 2015 – azul – QUESTÃO 77)
Tempo do vídeo: 01:04:00

Hidrocarbonetos podem ser obtidos em laboratório por descarboxilação oxidativa anódica, processo conhecido como eletrossíntese de Kolbe. Essa reação é utilizada na síntese de hidrocarbonetos diversos, a partir de óleos vegetais, os quais podem ser empregados como fontes alternativas de energia, em substituição aos hidrocarbonetos fósseis. O esquema ilustra simplificadamente esse processo.

Com base nesse processo, o hidrocarboneto produzido na eletrólise do ácido 3,3-dimetil-butanoico é o

a. 2,2,7,7-tetrametil-octano.

b. 3,3,4,4-tetrametil-hexano.

c. 2,2,5,5-tetrametil-hexano.

d. 3,3,6,6-tetrametil-octano.

e. 2,2,4,4-tetrametil-hexano.

AULA ESPECIAL SOBRE CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS PARA MEDICINA COM O PROFESSOR ROBERTO MAZZEI

Leia abaixo do vídeo os enunciados das questões e seus respectivos tempos na timeline: 

Enunciados das questões e seus tempos na timeline:

(UFTM-MG)
Tempo do vídeo: 00:06:40

No motor de um carro a álcool, o vapor do combustível é misturado com o ar e se queima à custa de faísca elétrica produzida pela vela no interior do cilindro. A quantidade, em mols, de água formada na combustão completa de 138 gramas de etanol é igual a: (Dado massa molar em g/mol: H=1, C=12, O=16)

C2H6O(ℓ)  +    O2(g)  CO2(g) +  H2O(ℓ)

a) 1

b) 3

c) 6

d) 9

e) 10

(ENEM 2015 – BRANCO – QUESTÃO 51)
Tempo do vídeo: 00:15:10

O cobre presente nos fios elétricos e instrumentos musicais é obtido a partir da ustulação do minério calcosita (Cu2S). Durante esse processo, ocorre o aquecimento desse sulfeto na presença de oxigênio, de forma que o cobre fique “livre” e o enxofre se combine com o O2 produzindo SO2, conforme a equação química:

As massas molares dos elementos Cu e S são, respectivamente, iguais a 63,5 g/mol e 32 g/mol.

  CANTO, E. L. Minerais, minérios, metais: de onde vêm?, para onde vão? São Paulo: Moderna, 1996 (adaptado).

Considerando que se queira obter 16 mols do metal em uma reação cujo rendimento é de 80%, a massa, em gramas, do minério necessária para obtenção do cobre é igual a:

a. 955.
b. 1018.
c. 1590.
d. 2035.
e. 3180.

(ENEM 2016 – QUESTÃO 80)
Tempo do vídeo: 00:23:30

A minimização do tempo e custo de uma reação química, bem como o aumento na sua taxa de conversão, caracterizam a eficiência de um processo químico. Como consequência, produtos podem chegar ao consumidor mais baratos.  Um dos parâmetros que mede a eficiência de uma reação química é o seu rendimento molar (R, em %) definido como

em que n corresponde ao número de mols. O metanol pode ser obtido pela reação entre brometo de metila e hidróxido de sódio, conforme a equação química:
CH3Br  +  NaOH CH3OH  +  NaBr          

As massas molares (em g/mol) desses elementos são: H = 1; C = 12; O = 16; Na = 23; Br = 80.

O rendimento molar da reação, em que 32 g de metanol foram obtidos a partir de 142,5 g de brometo de metila e 80 g de hidróxido de sódio, é mais próximo de

a. 22%.
b. 40%.
c. 50%.
d. 67%.
e. 75%.

(ENEM 2013- AZUL – QUESTÃO 77)
Tempo do vídeo: 00:35:10

A produção de aço envolve o aquecimento do minério de ferro, junto com carvão (carbono) e ar atmosférico em uma série de reações de oxirredução. O produto é chamado de ferro-gusa e contém cerca de 3,3% de carbono. Uma forma de eliminar o excesso de carbono é a oxidação a partir do aquecimento do ferro-gusa com gás oxigênio puro. Os dois principais produtos formados são aço doce (liga de ferro com teor de 0,3% de carbono restante) e gás carbônico. As massas molares aproximadas dos elementos carbono e oxigênio são, respectivamente, 12 g/mol e 16 g/mol.

LEE, J. D. Química Inorgânica não tão concisa. São Paulo: Edgard Blucher, 1999 (adaptado).

Considerando que um forno foi alimentado com 2,5 toneladas de ferro-gusa, a massa de gás carbônico formada, em quilogramas, na produção de aço doce, é mais próxima de

a. 28.
b. 75.
c. 175.
d. 275.
e. 303.

(ENEM 2015 – AZUL – QUESTÃO 76)
Tempo do vídeo: 00:44:00
Hey, gente!!!!
o resultado dessa questão da esfarelita (no tempo de 52 minutos) está errado. A conta final dá 40,2 Kg (letra C) e não, 50,2 (letra D, como foi marcado) . O raciocínio está todo certinho!! A conta é que deu ruim…….Minha calculadora deu pane aqui…Desculpem !!!

Para proteger estruturas de aço da corrosão, a indústria utiliza uma técnica chamada galvanização. Um metal bastante utilizado nesse processo é o zinco, que pode ser obtido a partir de um minério denominado esfalerita (ZnS), de pureza 75%. Considere que a conversão do minério em zinco metálico tem rendimento de 80% nesta sequência de equações químicas:

2 ZnS + 3 O2  → 2 ZnO + 2 SO2

       ZnO + CO →  Zn + CO2

Considere as massas molares: ZnS (97 g/mol); O2 (32 g/mol); ZnO (81 g/mol); SO2 (64 g/mol); CO (28 g/mol); CO2 (44 g/mol); e Zn (65 g/mol).

Que valor mais próximo de massa de zinco metálico, em quilogramas, será produzido a partir de 100 kg de esfalerita?
a. 25
b. 33
c. 40
d. 50
e. 54

(ENEM PPL 2016 – Azul – QUESTÃO 88)
Tempo do vídeo: 00:47:20
Grandes fontes de emissão do gás dióxido de enxofre são as indústrias de extração de cobre e níquel, em decorrência da oxidação dos minérios sulfurados. Para evitar a liberação desses óxidos na atmosfera e a consequente formação da chuva ácida, o gás pode ser lavado, em um processo conhecido como dessulfurização, conforme mostrado na equação (1).

CaCO3(s) + SO2(g) → CaSO3(s) + CO2(g) (1)

Por sua vez, o sulfito de cálcio formado por ser oxidado, com o auxílio do ar atmosférico, para a obtenção do sulfato de cálcio, como mostrado na equação (2). Essa etapa é de grande interesse porque o produto da reação, popularmente conhecido como gesso, é utilizado para fins agrícolas.

2 CaSO3(s) + O2 g)  → 2CaSO4(s) (2)

As massas molares dos elementos carbono, oxigênio, enxofre e cálcio são iguais a 12 g/mol, 16 g/mol, 32 g/mol e 40 g/mol, respectivamente.

BAIRD, C. Química ambiental. Porto Alegre: Bookman, 2002 (adaptado).

Considerando um rendimento de 90% no processo, a massa de gesso obtida, em gramas, por mol de gás retido é mais próxima de
a. 64.
b. 108.
c. 122.
d. 36.
e. 245.