Seja um Monstro no Enem – Rapidinha de Estequiometria

Estequiometria sempre é o bicho papão de todas as provas de Química, tanto no Enem quanto nos diversos vestibulares Brasil afora.

Pensando nisso, o prof. @bymazzei separou uma questão bem nos moldes desse assunto para que você afaste de vez esse medo.

Anúncios
Se você quer passar para a UERJ não pode ficar de fora dessa. Se garantir no primeiro exame de qualificação da UERJ, é o ideal para garantir uma boa noite de sono aos candidatos até a 2ª fase.🌚 . Neste ano, os alunos podem contar com a ajuda do curso QG que fará o Esquenta UERJ. O QG preparou uma playlist com aulas inéditas de resolução de exercícios para o vestibular da UERJ. As aulas são online e gratuitas. Lembrando que o conteúdo da aula pode ser aproveitado tanto para UERJ quanto para outros vestibulares.

TREINO ENEM

Neste Treino Enem o Mazzei resolve duas questões da Química DO ENEM 2019.

Assista e descubra como resolver questões de forma eficiente.

ENEM 2018 PROVA AZUL – QUESTÃO 91

Pesquisas demonstram que nanodispositivos baseados em movimentos de dimensões atômicas, induzidos por luz, poderão ter aplicações em tecnologias futuras, substituindo micromotores, sem a necessidade de componentes mecânicos. Exemplo de movimento molecular induzido pela luz pode ser observado pela flexão de uma lâmina delgada de silício, ligado a um polímero de azobenzeno e a um material suporte, em dois comprimentos de onda, conforme ilustrado na figura. Com a aplicação de luz ocorrem reações reversíveis da cadeia do polímero, que promovem o movimento observado:

TOMA, H. E. A nanotecnologia das moléculas. Química Nova na Escola, n.21, maio 2005 (adaptado).

O fenômeno de movimento molecular, promovido pela incidência de luz, decorre do(a)

(a) movimento vibracional dos átomos, que leva ao encurtamento e à relaxação das ligações

(b) isomerização das ligações N=N, sendo a forma cis do polímero mais compacta que a trans.

(c) tautomerização das unidades monoméricas do polímero, que leva a um composto mais compacto.

(d) ressonância entre os elétrons π do grupo azo e os do anel aromático que encurta as ligações duplas.

(e) variação conformacional das ligações N=N, que resulta em estruturas com diferentes áreas de superfície.

Segue a segunda questão:
ENEM 2018 PROVA AZUL – QUESTÃO 92

O carro flex é uma realidade no Brasil. Estes veículos estão equipados com motor que tem a capacidade de funcionar com mais de um tipo de combustível. No entanto, as pessoas que têm esse tipo de veículo, na hora do abastecimento, têm sempre a dúvida: álcool ou gasolina? Para avaliar o consumo desses combustíveis, realizou-se um percurso com um veículo flex, consumindo 40 litros de gasolina e no percurso de volta utilizou-se etanol. Foi considerado o mesmo consumo de energia tanto no percurso de ida quanto no de volta. O quadro resume alguns dados aproximados sobre esses combustíveis.

O volume de etanol combustível, em litro, consumido no percurso de volta é mais próximo de

a) 27.

b) 32.

c) 37.

d) 58.

e) 67.

Treino FUVEST

No Treino Fuvest o Mazzei resolve questões da disciplina Química do vestibular da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest). Assista e descubra como resolver questões de forma eficiente.

FUVEST 2019 – QUESTÃO 35

A reação de água com ácido clorídrico produz o ânion cloreto e
o cátion hidrônio. A estrutura que representa corretamente o
cátion hidrônio é

 

AULA ESPECIAL SOBRE REAÇÕES ORGÂNICAS PARA O ENEM COM O PROFESSOR ROBERTO MAZZEI

Leia abaixo do vídeo os enunciados das questões e seus respectivos tempos na timeline: 

Enunciados das questões e seus tempos na timeline:

(ENEM 2017 – AZUL – QUESTÃO 134)
Tempo do vídeo: 00:02:50

O gabarito dessa questão foi assinalado errado. O correto é letra A
A ozonólise, reação utilizada na indústria madeireira para a produção de papel, é utilizada em escala de laboratório na síntese de aldeídos e cetonas. As duplas ligações dos alcenos são clivadas pela oxidação com o ozônio (O3), em presença de água e zinco metálico, e a reação produz aldeídos e/ou cetonas, dependendo do grau de substituição da ligação dupla. Ligações duplas dissubstituídas geram cetonas, enquanto as ligações duplas terminais ou monossubstituídas dão origem a aldeídos, como mostra o esquema.

Considere a ozonólise do composto 1-fenil-2-metilprop-1-eno:

MARTINO, A. Química, a ciência global. Goiânia: Editora W, 2014 (adaptado)

Quais são os produtos formados nessa reação

a. Benzaldeído e propanona.
b. Propanal e benzaldeído.
c. 2-fenil-etanal e metanal.
d. Benzeno e propanona.
e. Benzaldeído e etanal.

(ENEM 2015 – AZUL – QUESTÃO 60)
Tempo do vídeo: 00:19:25

O permanganato de potássio (KMnO4) é um agente oxidante forte muito empregado tanto em nível laboratorial quanto industrial. Na oxidação de alcenos de cadeia normal, como o 1-fenil-propeno, ilustrado na figura, o KMnO4 é utilizado para a produção de ácidos carboxílicos.

Os produtos obtidos na oxidação do alceno representado, em solução aquosa de KMnO4, são

a. Ácido benzoico e ácido etanoico
b. Ácido benzoico e ácido propanoico.
c. Ácido etanoico e ácido 2-feniletanoico.
d. Ácido 2-feniletanoico e ácido metanoico.
e. Ácido 2-feniletanoico e ácido propanoico.


(ENEM 2015 – BRANCO – QUESTÃO 69)

Tempo do vídeo: 00:26:00

O poli(ácido lático) ou PLA é um material de interesse tecnológico por ser um polímero biodegradável e bioabsorvível. O ácido lático, um metabólito comum no organismo humano, é a matéria-prima para produção do PLA, de acordo com a equação química simplificada:

Que tipo de polímero de condensação é formado nessa reação?a. Poliéster.
b. Polivinila.
c. Poliamida.
d. Poliuretana.
e. Policarbonato.

(ENEM 2012 – AZUL – QUESTÃO 58)
Tempo do vídeo: 00:36:56

A própolis é um produto natural conhecido por suas propriedades anti-inflamatórias e cicatrizantes. Esse material contém mais de 200 compostos identificados até o momento. Dentre eles, alguns são de estrutura simples,
como é o caso do C6H5CO2CH2CH3, cuja estrutura está mostrada a seguir.

O ácido carboxílico e o álcool capazes de produzir o éster em apreço por meio da reação de esterificação são,respectivamente,

a. ácido benzoico e etanol.
b. ácido propanoico e hexanol.
c. ácido fenilacético e metanol.
d. 
ácido propiônico e cicloexanol.
e. 
ácido acético e álcool benzílico.

(ENEM 2012 – AZUL – QUESTÃO 66)
Tempo do vídeo: 00:36:56

O benzeno é um hidrocarboneto aromático presente no petróleo, no carvão e em condensados de gás natural. Seus metabólitos são altamente tóxicos e se depositam na medula óssea e nos tecidos gordurosos. O limite de exposição pode causar anemia, câncer (leucemia) e distúrbios do comportamento. Em termos de reatividade química, quando um eletrófilo se liga ao benzeno, ocorre a formação de um intermediário, o carbocátion. Por fim, ocorre a adição ou substituição eletrofílica.

Com base no texto e no gráfico do progresso da reação apresentada, as estruturas químicas encontradas em I, II e III são, respectivamente:

(Enem 2010 – azul – QUESTÃO 75)
Tempo do vídeo: 01:00:20

No ano de 2004, diversas mortes de animais por envenenamento no zoológico de São Paulo foram evidenciadas. Estudos técnicos apontam suspeita de intoxicação por monofluoracetato de sódio, conhecido como composto 1080 e ilegalmente comercializado como raticida. O monofluorcetato de sódio é um derivado do ácido monofluoracético e age no organismo dos mamíferos bloqueando o ciclo de Krebs, que pode levar à parada da respiração celular oxidativa e ao acúmulo de amônia na circulação.

O monofluoracetato de sódio pode ser obtido pela

a.Desidratação do ácido monofluoracético com liberação de água.

b. Hidrólise do ácido monofluoracético sem formação de água.

c. Perda de íons hidroxila do ácido monofluoracético, com liberação de hidróxido de sódio.

d. Neutralização do ácido monofluoracético usando hidróxido de sódio, com liberação de água.

e. Substituição dos íons hidrogênio por sódio na estrutura do ácido monofluoracético, sem formação de água.

 

(Enem 2015 – azul – QUESTÃO 77)
Tempo do vídeo: 01:04:00

Hidrocarbonetos podem ser obtidos em laboratório por descarboxilação oxidativa anódica, processo conhecido como eletrossíntese de Kolbe. Essa reação é utilizada na síntese de hidrocarbonetos diversos, a partir de óleos vegetais, os quais podem ser empregados como fontes alternativas de energia, em substituição aos hidrocarbonetos fósseis. O esquema ilustra simplificadamente esse processo.

Com base nesse processo, o hidrocarboneto produzido na eletrólise do ácido 3,3-dimetil-butanoico é o

a. 2,2,7,7-tetrametil-octano.

b. 3,3,4,4-tetrametil-hexano.

c. 2,2,5,5-tetrametil-hexano.

d. 3,3,6,6-tetrametil-octano.

e. 2,2,4,4-tetrametil-hexano.

ELETRÓLISE ESPECIAL PARA MEDICINA COM O PROFESSOR ROBERTO MAZZEI

Leia abaixo do vídeo os enunciados das questões e seus respectivos tempos na timeline: 

Assuntos tratados nessa aula:

  • Diferença entre pilha e eletrólise
  • Potencial padrão de oxidação e de redução
  • Espontaneidade das reações
  • Eletrólise Ígnea
  • Eletrólise Aquosa
  • Cálculos envolvendo a determinação do tempo de ocorrência da eletrólise
  • Cálculo envolvendo a determinação do pH da solução em eletrólise
  • As Leis de Faraday

Enunciados das questões e seus tempos na timeline:

(UFTM-MG)
Tempo do vídeo: 00:41:06

A aparelhagem utilizada para realizar a eletrólise ígnea do cloreto de sódio, NaCℓ, está representada no esquema simplificado, em que os eletrodos inertes A e B estão conectados a um gerador de corrente contínua. Ao se fechar o circuito ligando-se o gerador, pode-se concluir que:

a) o gás cloro borbulha no eletrodo A.
b) a redução do cloreto ocorre no eletrodo negativo.
c) o sentido da corrente elétrica é do eletrodo A para B.
d) os ânions são oxidados no eletrodo B.e) o sódio metálico oxida-se no eletrodo A.

(ENEM – 2017 – AZUL – QUESTÃO 95)
Tempo do vídeo: 00:53:20
A eletrólise é um processo não espontâneo de grande importância para a indústria química. Uma de suas aplicações é a obtenção do gás cloro e do hidróxido de sódio, a partir de uma solução aquosa de cloreto de sódio. Nesse procedimento, utiliza-se uma célula eletroquímica, como ilustrado.

No processo eletrolítico ilustrado, o produto secundário obtido é a. vapor de água.
b. oxigênio molecular.
c. hipoclorito de sódio.
d. hidrogênio molecular
e. 
cloreto de hidrogênio.

(ENEM 2010 – QUESTÃO 74)
Tempo do vídeo: 01:13:30
A eletrólise é muito empregada na indústria com o objetivo de reaproveitar parte dos metais sucateados. O cobre, por exemplo, é um dos metais com maior rendimento no processo de eletrólise, com uma recuperação de aproximadamente 99,9%. Por ser um metal de alto valor comercial e de múltiplas aplicações, sua recuperação torna-se viável economicamente.
Suponha que, em um processo de recuperação de cobre puro, tenha-se eletrolisado uma solução de sulfato de cobre (II) (CuSO4) durante 3h, empregando-se uma corrente elétrica de intensidade igual a 10A. A massa de cobre puro recuperada é de aproximadamente
Dados: Constante de Faraday F = 96500C/mol; Massa molar em g/mol: Cu = 63,5

a. 0,02 g.
b. 0,04 g.
c. 2,40 g.
d. 35,5 g.
e. 71,0 g.

 

(UNICAP – PE)
Tempo do vídeo: 01:21:28

100 mL de uma solução de NaCl, com 0,03 M, é eletrolisada durante 1 min e 40 segundos por uma corrente de 0,965 A. Qual é o pH da solução após a eletrólise? Obs.: Considere que não houve variação de volume líquido. M.A.: Na = 23 u e Cl = 35,5 u

(UFRGS-RS)
Tempo do vídeo: 01:32:33

Para que uma corrente de 1 A deposite 63,54 g de Cu em uma célula eletrolítica, a partir de uma solução de CuSO4, deve ser aplicada durante: (Cu = 63,54 u; F = 96.500C)
a) 1 s
b) 63,5 s
c) 48.250 s
d) 96.500 s
e) 193.000 s

A segunda parte da eletroquímica é importantíssima nos exames do ENEM, uma vez que representam o processo inverso às pilhas e os cálculos pelas Leis de Faraday

Clique no link abaixo e leia mais sobre estes assuntos

Eletrólise


Química – Prova Rosa 2017

A eletrólise é um processo não espontâneo de grande importância para a indústria química. Uma de suas aplicações é a obtenção do gás cloro e do hidróxido de sódio, a partir de uma solução aquosa de cloreto de sódio. Nesse procedimento, utiliza-se uma célula eletroquímica, como ilustrado.

No processo eletrolítico Ilustrado, o produto secundário obtido é o

a) vapor de água.
b) oxigênio molecular
c) hipoclorito de sódio
d) hidrogênio molecular
e) cloreto de hidrogênio

Você pergunta e o professor Roberto Mazzei responde – 10º ENCONTRO – ISOMERIA

TEMA DESSE ENCONTRO: ISOMERIA

AULA DE ISOMERIA COM RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE ENEM; UERJ; UECE; UESPI:

Leia abaixo do vídeo os enunciados das questões que estão nesse vídeo e os seus respectivos tempos na timeline:

https://www.youtube.com/watch?v=JpHvgdq3axg

Enunciados das questões que estão no vídeo e seus tempos na timeline:

(UESPI 2012) 

Tempo do vídeo: 00:03:30 

Os compostos p-nitrotolueno e ácido p-amino benzoico (também conhecido como PABA) possuem a mesma fórmula molecular, C7H7NO2, porém apresentam fórmulas estruturais muito diferentes:

Suas propriedades também diferem bastante. Enquanto o p-nitrotolueno é um composto explosivo, o PABA é o ingrediente ativo de muitos protetores solares. Compostos como o PABA absorvem luz ultravioleta exatamente nos comprimentos de onda mais nocivos às células da pele. Esses compostos apresentam isomeria de:
a) metameria.
b) posição.
c) função.
d) tautomeria.
e) cadeia.

(UERJ 2014) 

Tempo do vídeo: 00:07:20 

Em uma das etapas do ciclo de Krebs, a enzima aconitase catalisa a isomerização de citrato em isocitrato, de acordo com a seguinte equação química:

A isomeria plana que ocorre entre o citrato e o isocitrato é denominada de:

(A) cadeia

(B) função

(C) posição

(D) compensação

(UECE 2016)

Tempo do vídeo: 00:12:00 

O ácido pentanoico (conhecido como ácido valérico) é um líquido oleoso, com cheiro de queijo velho, tem aplicações como sedativo e hipnótico. Se aplicado diretamente na pele, tem uma efetiva ação sobre a acne.

De acordo com sua fórmula estrutural, seu isômero correto é o

a) propanoato de etila.
b) etóxi-propano.
c) 3-metil-butanal.
d) pentan-2-ona.

(ENEM 2017 – Azul 52)

Tempo do vídeo: 00:16:53 

Os feromônios são substâncias utilizadas na comunicação entre indivíduos de uma espécie. O primeiro feromônio isolado de um inseto foi o bombicol, substância produzida pela mariposa do bicho-da-seda.

 

O uso de feromônios em ações de controle de insetos-praga está de acordo com o modelo preconizado para a agricultura do futuro. São agentes altamente específicos e seus compostos químicos podem ser empregados em determinados cultivos, conforme ilustrado no quadro.

Considerando essas estruturas químicas, o tipo de estereoisomeria apresentada pelo bombicol é também apresentada pelo feromônio utilizado no controle do inseto

  1. Sitophilus spp.
  2. Migdolus fryanus.
  3. Anthonomus rubi.
  4. Grapholita molesta.
  5. Scrobipalpuloides absoluta.

UERJ 2019 – 1º EQ: 

Tempo do vídeo: 00:27:30

Observe abaixo as fórmulas estruturais espaciais dos principais compostos do óleo de citronela, produto empregado como repelente de mosquitos.

Considerando essas fórmulas estruturais, a quantidade de compostos que apresentam isômeros espaciais geométricos é igual a:

a. 1
b. 2
c. 3
d. 4

(UECE 2016) 

Tempo do vídeo: 00:34:40

 A glicose é uma das principais fontes de energia para o ser humano, sendo também conhecida como “açúcar do sangue”. Atente à estrutura da glicose:

No que diz respeito à isomeria óptica que ocorre com a estrutura da glicose, assinale a afirmação verdadeira.
a) Na estrutura existem dois átomos de carbono assimétricos.
b) O total de isômeros ópticos ativos gerados por essa estrutura é 16
c) Essa estrutura representa a glicose levógira.
d) Na estrutura existem três átomos de carbono simétricos.

 

(UERJ 2013)

Tempo do vídeo: 00:44:30

 O aspartame, utilizado como adoçante, corresponde a apenas um dos estereoisômeros da molécula cuja fórmula estrutural é apresentada abaixo.

Admita que, em um processo industrial, tenha-se obtido a mistura, em partes iguais, de todos os estereoisômeros dessa molécula.
Nessa mistura, o percentual de aspartame equivale a:

(A) 20%

(B) 25%

(C) 33%

(D) 50%

 

(ENEM PPL 2017)

Tempo do vídeo: 00:44:30

 Em algumas regiões brasileiras, é comum se encontrar um animal com odor característico, o zorrilho. Esse odor serve para proteção desse animal, afastando seus predadores. Um dos feromônios responsáveis por esse odor é uma substância que apresenta isomeria trans e um grupo tiol ligado à sua cadeia.

A estrutura desse feromônio, que ajuda na proteção do zorrilho, é


Resumo de Química Orgânic
Isomeria Geométrica

Professor de Química ensina Isomeria Geométrica com dança

“A dancinha da Isomeria Geométrica”

Questão 39 – UERJ 2017 1º EQ

O ácido linoleico, essencial à dieta humana, apresenta a seguinte fórmula estrutural espacial:
Como é possível observar, as ligações duplas presentes nos átomos de carbono 9 e 12 afetam
o formato espacial da molécula.
As conformações espaciais nessas ligações duplas são denominadas, respectivamente:

(A) cis e cis
(B) cis e trans
(C) trans e cis
(D) trans e trans